Connect
To Top

Os pontos fortes e fracos da TAAG

A companhia entrou para o top 100 da Skytrix em 2014

Faltam menos de dois meses para a Skytrix, organismo inglês que se dedica à qualificação dos préstimos das empresas de aviação civil, anunciar o novo ranking das companhias aéreas mundiais. O restrito grupo de oito companhias com a classificação máxima (cinco estrelas) manter-se-á, alargar-se-á ou diminuirá? As companhias asiáticas continuarão a dominar o grupo das melhores? A TAAG conseguirá conservar as três estrelas conseguidas na classificação anterior, depois de dois anos só com duas, ou passará para o escalão imediatamente superior, onde se encontra a South African Airways, desde Janeiro último? As interrogações em relação à TAAG também valem para a portuguesa TAP, pois encontram-se no mesmo escalão.

Leia mais na edição n.º 14 da Revista Rumo

You must be logged in to post a comment Login