Connect
To Top

Petroatlântico vai concorrer com a Galp

Ferreira de Oliveira cria fundo de investimento no sector da energia

Manuel Ferreira de Oliveira, ex-presidente da Galp, vai lançar o fundo Petroatlântico, para operar na exploração  e produção de petróleo e de gás natural em Portugal, Brasil e Angola, com um arranque inicial de 3 mil milhões de euros (3,3 mil milhões USD), que pode subir até aos 5 mil milhões (5,5 mil milhões USD).

O modelo de actuação do fundo de Ferreira de Oliveira é diferente do das petrolíferas tradicionais. Actuará com poucos recursos humanos e meios técnicos reduzidos. A lógica é investir financeiramente em “blocos” que a gestão da Petroatlântico “conheça e ofereçam garantias de retorno”, segundo o português Jornal de Negócios.

O dinheiro do fundo tem origem em Calgary, no Canadá, uma cidade com uma forte ligação à indústria de petróleo e de gás natural. A Petroatlântico torna-se assim um concorrente da Galp, no negócio da produção de petróleo e de gás natural. Como a Galp opera nas geografias alvo do fundo, os dois operadores podem ser concorrentes directos em leilões futuros de blocos. A primeira disputa pode ocorrer na venda dos activos que a Petrobras pretende realizar no Brasil.

You must be logged in to post a comment Login