Connect
To Top

Secretário das Águas garante planos sobre “Economia Azul”

O secretário de Estado das Águas, Luís Filipe da Silva, garantiu a continuação da elaboração dos planos gerais das diferentes bacias hidrográficas do país, com vista a ajustar a gestão desses recursos às necessidades do Estado angolano.

Luís Filipe da Silva, que falava no final da reunião conjunta das comissões Económica e para a Economia Real do Conselho de Ministros, afirmou que a elaboração dos referidos planos decorrem da Lei das Águas e do respectivo regulamento, nomeadamente, sobre a gestão dos recursos hídricos.

Disse tratar-se de um instrumento com o qual se pretende assegurar uma gestão mais correcta e ambientalmente mais sustentável da água das bacias hidrográficas existentes no País.

Neste quadro, estão os planos gerais das bacias hidrográficas dos rios Cunene, Zambeze e do Cubango. Este último apresentado na reunião da equipa económica do Executivo angolano.

Segundo o secretário de Estado, no caso concreto da Bacia do Cubango tem a particularidade de ser uma bacia internacional com interesses partilhados por Angola, Namíbia e Botswana

You must be logged in to post a comment Login