Connect
To Top

Millennium Atlântico acorda o sector da banca

A banca acordou para os movimentos de consolidação. O despertador foi a fusão entre o Banco Millennium Angola (BMA) e o Atlântico. Juntos, tornaram-se no segundo maior banco privado de Angola. Através desta operação o banco português Millennium BCP, que detinha 50,1% do Banco
Millennium Angola, passa a ter agora uma posição minoritária de apenas 20% no banco nacional, reduzindo assim a sua exposição a Angola. Uma imposição que, mais cedo do que tarde, iria ser colocada em cima da mesa pelo BCE – Banco Central Europeu.
Com esta fusão o BMA deixa de consolidar contas no banco português Millennium BCP, já que este passa a ter em Angola uma participação de interesse minoritário.

Leia mais na edição n.º 19 da Revista Rumo

You must be logged in to post a comment Login