Connect
To Top

O dinheiro, o OGE e as empresas

O BNA tira de circulação 40% dos depósitos diários em notas

Em média, o BNA tira de circulação cerca de 40% dos depósitos diários em notas por falta de condições para circulação. Uma realidade que deve preocupar todos os actores económicos do País pelo custo de produção das mesmas. Mas uma certeza: grande parte das pessoas desconhece a referida realidade, e daí, sequencialmente, a quase total despreocupação das pessoas com o manuseamento das notas.
O que se deve fazer para inverter o referido quadro? É uma questão que se impõe. Com a mesma preocupação, o Banco de Portugal está a realizar um estudo com o objectivo de disponibilizar informações ao público sobre o impacto do mau manuseamento das notas e do uso dos diversos instrumentos de pagamento electrónicos. Com o objectivo de partilhar a realidade do País, a Rumo traz na presente edição uma entrevista com o administrador do Banco Nacional de Angola para o Meio Circulante, Ramos da Cruz.
Os números que suportam a proposta do OGE para 2016 é outro tema que merece destaque, assim como uma entrevista com Luís Marques, CEO da EY em Angola, a consultora que tem entre os clientes a Sonangol.
A RBS é a história eleita para destacar as características empreendedoras dos angolanos. A Rumo entrevistou Rui Brito Silva, o criador da marca que hoje é uma realidade no País, com mais de três lojas e com um projecto de internacionalização.

César Silveira
Director

You must be logged in to post a comment Login

  • Descomplicar a tributação

    Os números da tributação no País revelam que 64% num universo de três mil empresas são incumpridoras fiscais, ou seja, 1918...

    apedroJuly 24, 2017
  • Oprah, Musk e Bill Gates did it

    Não há segredos. Não há cartas debaixo da manga. Não há truques. Não há bolas de cristal. Há tão-somente uma coisa...

    apedroJuly 21, 2017
  • Um dia sueco em Luanda

    No dia 6 de Junho foi o Dia Nacional da Suécia, e pela primeira vez comemorei em Luanda este dia tão...

    apedroJuly 6, 2017
  • Era uma vez…

    Os negócios têm que ser sustentáveis, produtivos e as regras de confiança robustas.

    apedroJuly 3, 2017