Connect
To Top

Produtores de petróleo falham acordo

Irão falta a reunião de Doha

As negociações entre os principais países produtores de petróleo para o possível congelamento da produção encerraram domingo em Doha, no Qatar, sem que tenha sido alcançado um acordo. Segundo Mohammed bin Saleh al-Sada, ministro da Energia do Qatar, depois de seis horas de trabalho, os países representados na reunião – membros e não membros da OPEP – consideraram que necessitam de “mais tempo” para alcançar um compromisso.

Os ministros que participaram no encontro já tinham declarado anteriormente o seu apoio ao projecto que prevê o congelamento até Outubro da produção de petróleo nos níveis de Janeiro, para estabilizar o mercado e sustentar os preços. Mas as divergências entre Irão e Arábia Saudita começaram a ser notórias ainda antes da reunião de Doha. Numa entrevista publicada sábado pela Bloomberg, o vice-príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salmane, afirmou que o reino não aceita congelar a sua produção de petróleo a menos que o Irão também o faça. Em resposta, o Irão fez saber que não ia participar na reunião.

“A reunião de Doha é para aqueles que querem participar no plano de congelamento da produção”, disse o ministro do Petróleo iraniano, Bijan Zanganeh, acrescentando: “Uma vez que não está previsto que o Irão assine o plano, a presença de um representante nessa reunião não é necessária”. O governante iraniano afirmou ainda que “o Irão não vai renunciar de forma alguma à sua quota de produção histórica”, referindo-se ao nível da produção e exportação de petróleo do país antes das sanções internacionais aplicadas contra o Irão.

You must be logged in to post a comment Login