Connect
To Top

Sector bancário ainda está sob vigilância internacional

Fernando Teles, o presidente do BIC, reconhece que o país tarda em sair do radar internacional de branqueamento de capitais.

Fernando Teles, presidente do conselho de administração do BIC, reconhece que o sector bancária em Angola está sob forte vigilância internacional e que o país demora a sair do radar da vigilância ao branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo, ainda que Angola já tenha saído, no início deste ano, da lista do Grupo de Acção Financeira Internacional (GAFI), organismo intergovernamental que tem como objectivo promover estratégias contra o branqueamento de capitais ou financiamento ao terrorismo. Ainda assim, o sector bancário ainda está a sentir algum bloqueio, especialmente nas negociações internacionais, em concreto com contrapartes bancárias.

“Ter aparecido o nosso nome na lista cria e criou problemas a nível dos nossos correspondentes [bancários norte-americanos] e aquilo que posso dizer é que, infelizmente para nós, ainda não retomámos alguns correspondentes que tínhamos e que cortaram connosco a nível de Angola”, afirmou Fernando Teles. A entrada de Angola na lista do GAFI, que “é uma espécie de ‘lista cinzenta'”, sinaliza que “não estávamos a cumprir com todas as regras”.

Agora, a saída dessa lista deve-se à implementação pelo Banco Nacional de Angola (BNA) das recomendações que constam do Plano Director do GAFI, mas, “para retomar a situação anterior, não vai ser fácil”, no entanto, não deixa de sublinhar Fernando Teles, que a implementação destas recomendações por parte do BNA “ditou progressos significativos para o país”. Em Fevereiro, BNA anunciou em comunicado que o país saiu da lista, assegurando o “cumprimento escrupuloso das regras de compliance” internacional.

“Normalmente, depois, as entidades ficam em ‘quarentena’. Estamos no período em que estão a amadurecer se nos devem ou não deixar voltar a ter correspondentes [bancários] americanos”, explicou Fernando Teles.

You must be logged in to post a comment Login