Connect
To Top

Receitas com petróleo caíram 79 milhões de dólares

A petrolífera estatal entregou 275 milhões de USD, o valor mais baixo deste ano, e menos 35% do que no mesmo mês de 2015.

De acordo com dados do Ministério das Finanças as receitas fiscais geradas pela exportação de crude pela Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) caíram de 59.013 milhões de kwanzas (355 milhões USD), em Fevereiro, para 45.722 milhões de kwanzas (275 milhões USD), em Março.

Trata-se de uma quebra de 79 milhões USD  que repercute as consecutivas quebras na cotação internacional do barril de crude – sendo, que por estes dias, o Brent, em Londres, ultrapassou os 48 USD/barril. Em Março de 2015, a Sonangol entregou 69.937 milhões de kwanzas (421 milhões USD) em receitas fiscais com a exportação de petróleo, um valor francamente acima do agora apresentado.

Nos primeiros três meses de 2016, as receitas fiscais geradas pela Sonangol com a exportação de petróleo ascenderam a 158.775 milhões de kwanzas (957 milhões USD). Angola exportou em Março 48.189.085 barris de petróleo, que renderam em receitas fiscais (incluindo as da Sonangol) cerca de 71.334 milhões de kwanzas (429 milhões USD).

Angola é o segundo produtor de petróleo da África subsariana, com 1,7 milhões de barris de crude por dia, mas a crise na cotação petrolífera atirou as receitas para menos de metade em 2015, com a estatal Sonangol a ressentir-se no seu desempenho.

You must be logged in to post a comment Login