Connect
To Top

Já estão online os primeiros dados dos Panama Papers

Consórcio Internacional de Jornalistas organizou informação retirada dos ficheiros da Mossack Fonseca e publicou base de dados

Depois das primeiras notícias, o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação publicou uma base de dados com informação sobre 320 mil sociedades offshore que aparecem nos mais de 11,5 milhões de documentos entregues ao consórcio.

As informações incluem nomes de sociedades, fundações e fundos sedeados em 21 paraísos fiscais, envolvendo pessoas em mais de 200 países e territórios, ao longo de 39 anos (1977-2015). Na base de dados (https://offshoreleaks.icij.org/) é possível pesquisar as informações por país, ver onde uma entidade foi registada, em que nome está, identificar o país a que está ligada e ver qual é a morada do offshore.

A plataforma não é um repositório dos ficheiros originais, mas uma base organizada das sociedades offshore referidas nos documentos. Como o consórcio já tinha anunciado, ficam de fora, por exemplo, o registo de contas e operações financeiras, emails e correspondência que aparecem nos ficheiros internos da sociedade de advogados Mossack Fonseca.

You must be logged in to post a comment Login