Connect
To Top

Principais atracções turísticas vão ter taxa

Medida já foi aprovada em Conselho de Ministros

O Governo vai começar a cobrar taxas no acesso às principais atracções turísticas do país, anunciou o ministro da Hotelaria e Turismo, Paulino Baptista, que não adiantou prazos para a sua concretização. De acordo com o governante, a medida já foi aprovada em reunião da comissão económica do Conselho de Ministros e será regulamentada em conjunto com o Ministério da Administração do Território, os Governos provinciais e as administrações locais.

Paulino Baptista acrescentou que, no âmbito desta medida, vão ser estudados os municípios do país com maior número de atracções turísticas para constituir serviços de turísticos de apoio. “Cobrar as taxas nos atractivos municipais é uma questão de tempo”, afirmou o ministro, em declarações à Rádio Nacional de Angola.

O sector do turismo em Angola emprega cerca de 19o mil trabalhadores e já representa mais de 530 mil visitas anuais. Numa estratégia de diversificação da economia, que continua dependente das exportações de petróleo, e das suas receitas, a meta do executivo angolano passa por atingir um milhão de trabalhadores e 4,7 milhões de turistas até 2020.

You must be logged in to post a comment Login