Connect
To Top

OPEP falha acordo e nomeia novo secretário-geral

Cartel volta a falhar acordo quanto a novo limite máximo de produção

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) manteve os níveis de produção de petróleo inalterados, falhando assim um acordo quanto a limite máximo de produção, tal como aconteceu nas reuniões de Dezembro e Abril passados. A notícia está a ser avançada pela Reuters, que citando dois responsáveis, adianta ainda que o cartel nomeou Mohammed Barkindo como o seu novo secretário-geral.
Em conferência de imprensa, a OPEP confirmou a falha de um acordo e argumenta que “os preços têm vindo a subir desde a última reunião” do cartel, o que demonstra que “o mercado entrou num processo de equilíbrio” face aos baixos preços registados aquando do início do ano. O cartel defende que “os níveis de investimento no mercado petrolífero necessitam de ser aumentados” e que está comprometido em “garantir a estabilidade do mercado para obter receitas sustentáveis e eficiência económica, tanto para os países produtores como para os exportadores”. “Face às condições atuais, os países da OPEP vão continuar a monitorizar o mercado e os preços”. A OPEP confirmou ainda o nome de Mohammed Barkindo como o seu novo secretário-geral, que assumirá funções no próximo dia 1 de Agosto, e revelou que a data da próxima reunião do cartel será a 30 de Novembro, novamente em Viena, na Áustria.
Como reacção ao anúncio da OPEP, os preços do petróleo inverteram a tendência de subida registada ao longo do dia e seguem agora a deslizar. O brent recua para os 49,08 dólares o barril, e o crude negociado em Nova Iorque cai para os 48,16 dólares o barril.

You must be logged in to post a comment Login