Connect
To Top

Isabel dos Santos assume hoje presidência da Sonangol

A nova PCA da Sonangol tem como prioridade a implementação de um novo modelo para o sector.

Quatro dias após a sua nomeação ter sido anunciada pela Casa Civil da Presidência, Isabel dos Santos dá início ao seu mandato na presidência da Sonangol, num momento em que a empresa petrolífera sofre profundas alterações na sua organização e gestão de modelo de negócio.

Logo após a divulgação oficial da sua nomeação, a empresária tornou pública a sua estratégia para a empresa e, através de um comunicado, fez saber que “a Sonangol toma a iniciativa de encarar a mudança e marcar uma nova era. A nova equipa terá como principal objectivo a implementação do novo modelo para o sector petrolífero angolano e a execução de um Programa de Transformação”. Para tanto, a nova presidente estabeleceu como prioridades a diminuição dos “custos de produção e optimizar os recursos” e o aumento da “rentabilidade da empresa e os dividendos para o accionista Estado”. Isabel dos Santos vincou, na mesma nota que será necessário “assegurar a transparência na gestão e a aplicação de standards internacionais de reporte e de governança; melhorar a relação com os fornecedores e com os restantes parceiros do sector, numa perspectiva de médio e longo prazo; e promover a responsabilidade com a comunidade reconhecendo o papel chave da Sonangol EP na sociedade angolana.”

Na nova organização, Paulino Fernandes de Carvalho, até aqui CFO da Sonangol, assume o cargo de CEO. César Paxi, Eunice de Carvalho, Edson dos Santos, Manuel Carvalho de Lemos, João Pedro Saraiva dos Santos e Jorge de Abreu compõem a comissão executiva. José Gilme, André Lelo e Sarju Raikundalia são ainda administradores não executivos.

Acrescente-se que a Boston Consulting Group (BCG), a PwC e a Vieira de Almeida & Associados são as consultoras chamadas por Isabel dos Santos para acompanhar o projecto de desenvolvimento da nova fase da Sonangol.

You must be logged in to post a comment Login