Connect
To Top

Portugal reforça apoio às empresas portuguesas em Angola

De acordo ao Público, está em cima da mesa um reforço global de 750 milhões, a que acrescerá uma linha destinada a regularizar os salários dos expatriados.

O Governo português vai reformular as linhas de crédito que estão actualmente ao dispor das empresas portuguesas com actividade em Angola, avança o Público.

Trata-se de um reforço global de 750 milhões, a que acrescerá uma linha destinada a regularizar os salários dos expatriados – que está ainda em negociações com o Tesouro, mas que é considerada vital pelo receio de fuga de quadros que existe com a aproximação do Natal. A reformulação das linhas de crédito resulta de um trabalho dos bancos portugueses e com a seguradora Cosec, em articulação com as autoridades angolanas.

O objectivo é minimizar os impactos que a crise em Angola, provocada pela forte quebra das receitas com a exportação de petróleo, está a ter nas empresas nacionais. Além de um recuo nas encomendas, tem havido significativos atrasos nos pagamentos e dificuldades em repatriar capitais.

O apoio será formalizado, após a visita do primeiro-ministro português, António Costa, ao País até ao final do ano.

You must be logged in to post a comment Login