Connect
To Top

Angonabeiro quer levar “Café Ginga” até aos EUA e China

A informação foi avançada no final de uma visita da delegação da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações (APIEX), encabeçada pelo Secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel.

A actuar no mercado angolano na área do comércio e da indústria, Angonabeiro pretender exportar café para os EUA, China e países vizinhos.

Até ao momento o Café Ginga é exportado somente para Portugal, mas, com perspectivas para os EUA, China, Moçambique e Cabo-verde, tendo em conta o plano de internacionalização levado a cabo pela empresa, explicou o director fabril da instituição, Jorge Ribeiro.

A informação foi avançada no final de uma visita da delegação da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações (APIEX), encabeçada pelo Secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel.

“A nossa produção assume, de igual modo, o consumo interno, apesar de que a cultura do consumo é ainda bastante reduzida no nosso país”, sublinhou.
O Café Ginga, a par da DeltaCafés e Delta Q, são as três marcas de café pertencentes à Angonabeiro, subsidiária do Grupo Nabeiro. Este Grupo é líder no mercado de café em Portugal, Angola e Moçambique.

You must be logged in to post a comment Login