Connect
To Top

“Que Direcção” do artista plástico Cristiano Mangovo

A exposição traduz uma mensagem de empoderamento e incentivo à capacidade individual.

Uma exposição do artista plástico Cristiano Mangovo está patenteno Centro Cultural Brasil-Angola (CCBA), em Luanda. Trata-se de um conjunto de obras de pintura, escultura e instalação denominado Que Direcção.

A exposição comporta mais de três dezenas de obras que abordam e questionam os problemas globais da actualidade, onde a simbiose pintura-escultura revela capacidade humana de se direccionar para um objectivo.

Enquanto artista contemporâneo, que aborda e questiona os problemas globais da actualidade, Cristiano Mangovo apresenta, nesta sua exposição de obras inéditas, uma evolução do tema original dos Guiadores que lançou em 2015 e que tem marcado o percurso recente da sua obra. A exposição decorre até ao dia 18 do corrente mês, e a abertura do evento foi acompanhada da performance Preocupação dum Guiador, realizada pelo artista e Landryck Luzinga Ramos.
Segundo disse Cristiano Mangovo, a exposição traduz uma mensagem de empoderamento e incentivo à capacidade individual, muito pertinente e oportuna nos dias que correm.

Explica que a presente colecção é essencialmente figurativa, com a inclusão de alguns abstractos que continuam a identificar o seu traço. A sua obra é multifacética, variando do retrato ao impressionismo e ao surrealismo, passando pela instalação, na qual experimenta novas técnicas e diferentes materiais.

Cristiano Mangovo nasceu na província de Cabinda e é graduado em pintura pela Faculdade de Belas-Artes de Kinshasa (RDC).

Por Estêvão Martins

You must be logged in to post a comment Login