Connect
To Top

Transferência de recursos pode melhorar desempenho da economia em 2017

“É um orçamento exíguo por aquilo que o País precisa, mas que dá alguma esperança”, afirma o presidente da Associação Industrial de Angola, José Severino.

O presidente da Associação Industrial de Angola (AIA), José Severino, reagiu à aprovação nesta quinta-feira da OGE 2017, afirmando que um maior investimento no interior do País contribuiria para melhoria do desempenho da economia em 2017.

Segundo Angop, José Severino acredita que a transferência de recursos do litoral e das capitais provinciais para o interior, poderá tornar o crescimento do PIB de 2017 será melhor do que se aponta hoje. “É um orçamento exíguo por aquilo que o País precisa, mas que dá alguma esperança. Temos empurrar de recursos para o interior visando reduzir as assimetrias e fixar a população nas suas zonas de origem e garantir o equilíbrio do sistema produtivo e político.”

A proposta de OGE, que foi aprovado com 150 votos a favor, 32 contra e uma abstenção, prevê receitas e despesas de 7, 3 triliões de kwanzas, um défice fiscal de 5,3 % do PIB e uma taxa de crescimento de 2,1%, sendo 1,8% do sector petrolífero e 2,3 % do sector não petrolífero, bem como uma inflação esperadas de 15,8 %.

You must be logged in to post a comment Login