Connect
To Top

OPEP decidiu reduzir a produção diária de crude em cerca de 3,27%.

Com a redução da oferta espera-se que o preço do crude ascenda, sendo que os primeiros impactos já estão visíveis, com a ascenção de mais de 8% no preço.

Os países membros da OPEP decidiram na 171ª Conferência em Viena, reduzir a produção de crude a partir de Janeiro de 2017, em cerca de 3,27% de 33,6 milhões de barris/dia registado em Outubro para 32,5 milhões de barris/dia.

Com a redução da oferta espera-se que o preço do crude ascenda, sendo que os primeiros impactos já estão visíveis, com a ascenção de mais de 8% no preço.

A Rússia apesar de não ser um país membro da OPEP, também aderiu ao acordo, aceitando reduzir a sua produção diária em 300 mil barris. Os maiores cortes acontecerão na produção da Arábia Saudita, seguido do Iraque em 486 e 210 mil barris por dia, respectivamente.

You must be logged in to post a comment Login