Connect
To Top

A fantástica torre que faz do vento uma fonte de água

Inspirados numa figueira da Etiópia, dois arquitectos criaram a Warka Water, um projecto que permite recolher 100 litros de água por dia e com recurso a materiais locais.

Em África, encontrar água potável é uma longa jornada. Além de demorar horas para chegar até ela, quando se encontra água, muitas vezes esta não é segura para beber, já que é recolhida de lagoas ou lagos repletos de bactérias infecciosas, contaminados com resíduos de animais ou outras substâncias nocivas.

Motivados com a ideia de ajudar quem mais necessita e colocando a sua experiência ao serviço dos outros, dois arquitectos, Arturo Vittori e Andreas Vogler, do estúdio Architecture and Vision, idealizaram a Warka Water, um projecto apresentado pela primeira vezna Bienal de Veneza em 2012 e que está a ser testado na Etiópia.

A estrutura de baixo custo e facilmente montável chama-se Warka Water (uma figueira nativa da Etiópia), tem um invólucro exterior rígido de 9,15 metros de altura é composto por hastes leves e elásticas, colocadas num padrão que oferece estabilidade para fazer face às rajadas de vento forte, mas que permite que o ar flua. Uma rede de malha, feita de nylon ou polipropileno, paira dentro da torre, recolhendo as gotas de orvalho que se formam ao longo da superfície.

Quando o ar frio se condensa, as gotículas rolam para dentro de um recipiente, na parte inferior da torre. A água passa, depois, através de um tubo que funciona como uma torneira, transportando-a para aqueles que estão no chão. Ao todo, a montagem de cada torre custa cerca de 500 USD.

“Na Etiópia, as infra-estruturas públicas não existem, e a construção de um poço não é fácil. Para encontrar água, é preciso perfurar profundamente o solo, muitas vezes mais de 500 metros. É tecnicamente difícil e caro. Além disso, as bombas precisam de electricidade para funcionar, bem como de peças de reposição no caso de avaria”, explica Vittori.

Por Fernanda Mira

You must be logged in to post a comment Login