Connect
To Top

Zinho Baptista em entrevista exclusiva a Revista Rumo

Presidente da Comissão Executiva do Banco de Poupança e Crédito fala pela primeira vez (e em exclusivo para a Rumo) desde que assumiu a gestão do maior banco público. Aborda os meandros do processo de recapitalização e reestruturação da instituição.

img_1783

 

O capital humano nacional é prioridade com planos de formação em parceria com bancos de referência internacional, com primazia do mercado anglo-saxónico. A concessão de crédito também está entre essas prioridades.  Leia um excerto da entrevista:

Quais são os pilares da recapitalização e reestruturação do Banco de Poupança e Crédito?

Basicamente, a recapitalização do Banco de Poupança e Crédito (BPC) consubstancia-se em dois pilares essenciais: saneamento da carteira de crédito e aumento de capital. A gestão identificou um conjunto de créditos contabilizados no seu balanço considerados como problemáticos, o que fragilizou a situação de liquidez do banco. Com consequência, têm sido ensaiados vários cenários para a recapitalização, assentes essencialmente na reestruturação e gestão do balanço, reestruturação e redução de custos, nível de esforço financeiro por parte dos accionistas e instrumentos de capitalização disponíveis, como obrigações convertíveis.

A reestruturação da instituição está baseada numa estratégia e num modelo de negócios futuro, assentes na melhoria do nível da prestação de serviço aos clientes, adequação e cumprimento das normas internacionais de corporate governance e compliance, implementação de um sistema de controlo com suporte nas tecnologias de informação, gestão activa do balanço, desenvolvimento de competências técnicas e do capital humano e remuneração adequada do capital investido pelos accionistas.

Saiba mais, na nova edição da Revista Rumo, brevemente nas bancas. 

You must be logged in to post a comment Login