Connect
To Top

Sharish Gin vai ter centro de interpretação do gin no Alentejo

Produtor alentejano vai investir cerca de 800 mil EUR para aumentar a área da destilaria e armazenamento da marca.

António Cuco, o criador da marca de Sharish Gin, quer dar a conhecer os segredos do ginaos apreciadores da bebida espirituosa e para isso vai instalar na Quinta do Moureal, em Reguengos de Monsaraz, Alentejo, Portugal, um centro interpretativo do gin. Com cerca de 250 metros quadrados de dimensão, o centro, com abertura prevista para Setembro, faz parte de um plano de expansão da área de produção e armazenamento da destilaria onde é produzida a marca de gin portuguesa. António Cuco candidatou-se ao programa Portugal 20/20 e conseguiu um investimento a rondar os 800 mil EUR para construir mil metros quadrados.

A capacidade de produção da destilaria vai passar das actuais 120 mil a 130 mil garrafas/ano para um milhão, adianta António Cuco. Produz e engarrafa vodca e uísque, mas também ginde terceiros. “Vamos produzir para uma outra marca, em França e Brasil, e estamos a negociar produzir para outra, em Espanha.” A Sharish fechou o ano passado com cerca de 900 mil EUR de receitas antes de impostos, vendeu 65 mil garrafas, está presente em 14 mercados, com 35% das vendas no mercado externo.

You must be logged in to post a comment Login