Connect
To Top

Emirates celebra primeiro ano de rota mais longa

A introdução do A380 no voo sem escalas Dubai-Auckland, oito meses depois de operações com o Boeing 777, agora pode oferecer o serviço do A380 entre um número de destinos na Europa e na Nova Zelândia com uma única paragem no Dubai.

A Companhia de aviação dos Emiratos Árabes Unidos, Emirates, revelou que está a celebrar o primeiro aniversário da rota mais longa do mundo com um avião do tipo A380 e que a introdução do airbus, de dois lugares, na rota sem escalas Dubai/Auckland, seria a razão para tal feito.

Segundo a Emirates a rota, que no passado dia 1 de Março, completou 12 meses sem interrupção iniciou as operações com um boeing 777-200LR de 266 lugares e, em seguida, desde 30 de Outubro de 2016 que opera com um A380 de 491 lugares.

A companhia reconheceu o papel fundamental que o Boeing 777-200LR desempenhou no início da rota.

Mas a versatilidade do A380 levou à expansão dos destinos da aeronave, que agora já são 44, e incluirá São Paulo no Brasil e Casablanca em Marrocos a partir deste mês.

A introdução do A380 no voo sem escalas Dubai-Auckland, oito meses depois de operações com o Boeing 777, agora pode oferecer o serviço do A380 entre um número de destinos na Europa e na Nova Zelândia com uma única paragem no Dubai.

Neste primeiro ano de operação da rota non-stop entre Auckland e o Dubai, a Emirates aumentou o transporte de carga em mais de 80%.

A Emirates tem agora 93 Airbus A380 em sua frota e mais 49 encomendados entre os destinos do A380 na Europa estão: Londres, Manchester e Birmingham no Reino Unido; Paris, Roma, Milão, Amesterdão, Frankfurt, Munique, Madrid, Barcelona; E outras cidades populares como Moscovo, Zurique, Praga, Viena e Copenhaga.

You must be logged in to post a comment Login