Connect
To Top

IKEA tem novo presidente e quer crescer na Ásia

Grupo IKEA pretende obter 50 mil milhões EUR de receitas em 2017.

O grupo IKEA vai ter um novo presidente executivo a partir de 1 de Setembro. Jesper Brodin, até aqui responsável de desenvolvimento da empresa sueca, substitui Peter Agnerfjall. A decisão foi tomada nesta quarta-feira, segundo a Bloomberg.

Apesar da mudança na presidência, o grupo sueco mantém a estratégia de crescimento no mercado asiático e nas vendas através da Internet.

“A direcção estratégica da empresa mantém-se, e, mesmo que o Jesper a molde, tem feito parte do desenvolvimento da estratégia, em conjunto com o Peter, na antiga equipa de gestão”, referiu o presidente do conselho de administração do grupo IKEA, Lars-Johan Jarnheimer, em entrevista à agência norte-americana.

Com 48 anos, Jesper Brodin está no grupo IKEA há 22 anos, tendo começado como assistente do fundador do grupo, Ingvar Kamprad. Brodin vai mudar-se da Suécia para a Holanda, onde está sediada a cadeia. Peter Agnerfjall, que também trabalha no grupo IKEA há 22 anos, diz que chegou a altura de “mudar de percurso”. Liderar uma empresa leva a “trabalhar 365 dias por ano, 15 a 16 horas por dia, e, de alguma forma, alguém tem de assegurar a próxima geração”.

No ano fiscal de 2016, que terminou em Agosto, o grupo sueco registou receitas de 34,2 mil milhões EUR, um aumento de 7,1% face ao mesmo período de 2015. O IKEA pretende obter 50 mil milhões EUR de receitas em 2017.

Conta actualmente com 348 lojas, 45 centros comerciais e 140 mil empregados em 28 países. Em Portugal, há lojas do IKEA em Alfragide, Loures, Matosinhos, Braga e Loulé.

*Dinheiro Vivo

 

You must be logged in to post a comment Login