Connect
To Top

Potencial humano testado ao limite pela Nike

O documentário vai ser transmitido em Setembro pela National Geographic. Três corredores atrás de um recorde.

Por Nilza Rodrigues | Fotografia DR 

Eliud Kipchoge, campeão olímpico queniano, deu a dica. “Não tem que ver com as pernas. Tem que ver com o coração e a mente. Com um coração forte e uma boa mente, tu consegues.”

A Nike decidiu testar o potencial humano, e o National Geographic registou o momento para um documentário de uma hora onde revela a árdua jornada de três corredores de elite que tentaram superar a barreira de duas horas de maratona.

Espectadores de todo o mundo assistiram ao esforço e empenho dos atletas, guiados por uma determinação implacável e suportados por uma ciência de ponta e inovação de produto. A tentativa de recorde ocorreu em 6 de Maio no circuito de Monza, em Itália, e viu Eliud Kipchoge, 32 anos, “registar o tempo mais rápido da maratona que o mundo conheceu”.

A verdade é que Eliud Kipchoge não superou a marca das 2 horas por apenas 25 segundos. O momento foi grande, e tornou-se imperioso fazer algo mais profundo. Por isso, a National Geographic e a Nike anunciaram o documentário denominado Breaking2, perpetuando esta lendária maratona que redefiniu os limites do potencial humano.

Em parceria com a Dirty Robber, uma empresa de produção e entretenimento nomeada pela Academia, que vai produzir o filme, Breaking2vai ter a sua estreia televisiva em Setembro no National Geographic nos Estados Unidos, e estará disponível em todo o mundo via plataformas digitais.

A Nike é conhecida pela sua estratégia de marketing ao nunca publicitar especificamente um produto, mas antes promover as boas práticas de desporto e os grandes atletas internacionais. Esta foi a base do seu documentário, fazendo jus aos seus princípios, os mesmos amplamente elogiados por fazedores e criativos como Steve Jobs.

You must be logged in to post a comment Login