Connect
To Top

Angola acolhe em Novembro segunda Semana Global de Empreendedorismo

A Semana Global de Empreendedorismo surgiu há dez anos, nos Estados Unidos da América, e chegou a Angola em 2016.

Com uma iniciativa que visa incrementar o ecossistema de Empreendedorismo a nível global, onde inovadores, promotores e criadores de emprego lançam startups e novas empresas, impulsionando o crescimento económico e expandindo o bem-estar humano nos 170 países em que é realizado anualmente, agora voltam a acolher este importante evento de 13 a 18 Novembro de 2017, e vai desafiar os empreendedores, e os angolanos em geral, a ampliar a sua visão e influenciar positivamente o Futuro do país.

Sob o lema “Empreendedorismo: a tua visão, o nosso Futuro”, a Semana Global de Empreendedorismo em Angola, que acontece no âmbito da Global Entrepreneurship Network (GEN), é realizada pelo grupo Acelera Angola, em parceria com importantes Instituições Públicas e Privadas de âmbito nacional e internacional, através das quais é possível tornar esta iniciativa mais ampla e com o desejado impacto ao nível nacional.

Este ano, o grande palco da Semana Global de Empreendedorismo vai ser o Centro  de Convenções de Belas (CCB), no Futungo, onde será feita a abertura dos cinco dias de trabalho intenso e que se esperam produtivos. Nos dias subsequentes, nomeadamente de 14 a 17 de Novembro, através de vários parceiros do ecossistema de empreendedorismo nacional, serão realizados eventos comunitários em diversos municípios e distritos de Luanda, ao passo que, no dia 18, será realizado o evento de encerramento num local a indicar.

Ao longo dos cinco dias de trabalho, pretendemos atingir, por via dos cerca de 10 eventos a serem realizados, um mínimo de dois mil participantes e empreendedores.

Em acréscimo, com a Semana Global de Empreendedorismo Angola 2017, pretendemos promover espaços de análise profunda do estado actual dos provedores e Actores do Empreendedorismo a nível nacional e fomentar o maior conhecimento e identificação das necessidades e requisitos para aperfeiçoar a qualidade do desempenho dos diferentes actores; reforçar as redes utilitárias do sistema de Empreendedorismo e a expansão da sua compreensão pelos espaços urbano e rural do País, pois acreditamos ser este um passo fundamental para alargar a rede do Ecossistema de Empreendedorismo local, com diálogo e entendimento entre todos os parceiros participantes em Angola.

You must be logged in to post a comment Login