Connect
To Top

China Hyway faz entrega do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes

As obras iniciadas em 2006 ficaram concluídas em 2012, tendo a entrega definitiva só agora tido lugar devido à necessidade de se proceder à conclusão alguns trabalhos para conferir maior segurança na circulação ferroviária.

O China Hyway Group procedeu à entrega definitiva das infra-estruturas ferroviárias do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes ao presidente da sociedade gestora, Daniel Quipaxe, numa cerimónia realizada segunda-feira na cidade de Lubango.

As obras iniciadas em 2006 ficaram concluídas em 2012, tendo a entrega definitiva só agora tido lugar devido à necessidade de se proceder à conclusão alguns trabalhos para conferir maior segurança na circulação ferroviária.

As obras consistiram na colocação de 967 quilómetros de carris, do Namibe ao Cuando Cubango, passando pela Huíla, na substituição das chulipas de madeira por outras de betão e na construção de raiz de um ramal com 105 quilómetros entre a estação da comuna do Dongo a de Tchamutete (município da Jamba) para garantir o transporte do minério de ferro.

Foram ainda erguidas 57 estações ao longo do traçado, sendo três especiais, sete de primeira classe, 11 de 2.ª e 36 de 3.ª, assim como a instalação de um novo e moderno sistema de telecomunicações por fibra óptica e sinalização completa, assim como construído de raiz um novo centro de formação profissional, estando em curso o processo de equipamento das suas oficinas.

Durante a cerimonia , ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, disse que o acto marca o início de um novo ciclo na história do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes, linha que começou a ser construída em 1905, abriu à circulação em 1910 e continuou a ser aumentada até chegar a Menongue (antiga Serpa Pinto) em Dezembro de 1961.

 

You must be logged in to post a comment Login