Connect
To Top

Galeria Banco Económico acolhe exposição Being Her (e) “A mulher e o seu corpo hoje”

A plataforma sul-africana,“Kauru nBlack Collector’s Fórum“ apresenta pela primeira vez, em Luanda, a partir do próximo dia 24 de Novembro, na Galeria Banco Económico, uma mostra que reúne percepções históricas e contemporâneas do que significa hoje, ser um corpo feminino africano.

14 Mulheres artistas do continente africano e da diáspora, sob a curadoria de Paula Nascimento (Angola) e Violet Nantume (Uganda), criam com Being Her(e), um espaço de reflexão sobre o acto de criação de mitos em relação ao corpo feminino, incorporando e interpretando a “mulher” e a interioridade feminina. Abordando temas como o género, a subjectividade, memória, pertença, sexualidade e identidade.

A exposição invoca o corpo como um ponto de partida – um espaço, simultaneamente, íntimo e colectivo. Um lugar de inscrição sociopolítica, onde a história é contestada e, fantasias são estabelecidas, bem como, o tempo e a temporalidade em relação às transições da infância, à maturidade, auto-representação, memória, vivências e geografias pessoais.

Mais de 20 obras foram seleccionadas tanto de forma isolada, como em diálogo umas com as outras, confrontam, contextualizam, questionam e redefinem noções históricas e contemporâneas do que significa ser um corpo feminino em África e na diáspora africana. Interrogando ideias pré-concebidas sobre a feminilidade, sugerindo ainda uma reflexão mais abrangente sobre o evasivo tema da identidade e as suas diversas formas de representação.

As curadoras Paula Nascimento e Violet Nantume dão continuidade ao diálogo iniciado, em Pretória, África do Sul, em 2015 com Being and Becoming, Complexities of the African Identity, uma exposição que procurou levantar questões sobre as diversas camadas da identidade africana e a urgência de forjar novas formas, pouco ortodoxas de ver e ser africano.

 

You must be logged in to post a comment Login