Connect
To Top

FMI sugere medidas para o crescimento económico do país

Essas recomendações foram feitas pelo representante do FMI, Max Alier, no final da apresentação dos relatórios “FMI Outono 2017

Diversificações da economia, melhoria de negócio, investimento do capital humano forram uma das medidas apontadas hoje em Luanda, pelo Fundo Monetário Internacional. Max Alier, representante do FMI no final da apresentação dos relatórios “FMI Outono 2017 Perspectivas económicas globais e FMI Outono 2017 realçou a necessidade de Angola continuar a apostar na agricultura para permitir criar excedentes agrícolas.

O relatório apresentado concluiu que a África subsariana é a que menos diversifica a sua economia em relação às demais regiões do mundo.

O estudo aconselha aos países produtores de petróleo, a terem uma estabilidade macroeconómica a optar pelo acesso ao crédito, em infra-estruturas e na geração de cadeias produtivas a partir do que o país já tem, entre outras medidas.

Participaram do evento o ministro do Comércio, Jofre Van-Dúnem, economistas e estudantes, entre outras individualidades.

 

 

You must be logged in to post a comment Login