Connect
To Top

Rússia garante potencial do satélite angolano

O satélite angolano contribuirá para o aumento do fluxo informativo que propiciará o desenvolvimento do país, consubstanciado na aceleração do crescimento da indústria, dos serviços bancários, assim como favorecerá o processo educacional e elevará o potencial da defesa de Angola

De acordo com o previsto, todos os elementos do Angosat-1 funcionam, e desta forma coloca o país na lista das potências espaciais da comunidade internacional, informou esta semana o embaixador Vladimir Tararov.

Numa reacção à colocação em órbita do satélite angolano, o embaixador da Federação da Rússia em Angola destacou os benefícios que os angolanos terão com o Angosat-1. Para o embaixador, trará mais valia e contribuirá para o aumento do fluxo informativo para o desenvolvimento do país, consubstanciado na aceleração do crescimento da indústria, dos serviços bancários, assim como favorecerá o processo educacional e elevará o potencial da defesa de Angola.

Vladimir Tararov, acrescentou ainda que Angola tornar-se-á fornecedor de conteúdos televisivos, tanto para o mercado interno, como para os países vizinhos podendo aderir conteúdos informativos vindo dos quatro cantos do mundo.

Por hora, elogiou as relações entre Angola e Rússia manifestando a disponibilidade de continuar a cooperação para o desenvolvimento socioeconómico com Angola e assegurar o nível elevado da sua defesa nacional e estabilidade na região.

You must be logged in to post a comment Login