Connect
To Top

Fundo Rodoviário desembolsa dez milhões dólares para manutenção das estradas

Citado pelo Jornal de Angola, o director de Estudos e Planeamento da instituição, Nascimento Cassule garantiu que a rede fundamental de estradas, que liga as províncias, registou um crescimento considerável, à semelhança do que aconteceu com as vias secundárias e terciárias, que aumentaram de 26 mil para 56 mil quilómetros.

O director de Estudos e Planeamento de instituição, Nascimento Cassule, em entrevista ao jornal de Angola afirmou que foram desembolsados cerca de dez mil milhões de (60 milhões de dólares) no ano transacto para manutenção de 2200 quilómetros de estradas nacionais e secundárias.

Dos 17% do montante dependido teve origem nas receitas arrecadadas com a taxa de circulação em 2016, tendo os restantes 83% daquele montante tido Origem em transferência do OGE.

“Os 2200 quilómetros que beneficiaram de obras de manutenção representam apenas 15% do total das estradas nacionais que, nos últimos dez anos, passaram de cinco mil para 13 mil quilómetros, gerando compromissos de manutenção acrescidos a nível das 18 províncias do país”, sublinhou o responsável.

Em dez anos, o Fundo Rodoviário teve um crescimento da rede de estradas de 200%, mas a arrecadação de receitas para a manutenção cobre apenas 20% das necessidades.

A Administração Geral Tributária (AGT) informou no lançamento do período de venda dos selos da taxa de circulação, sexta-feira, que mais de 60% dos automobilistas do país não pagou a taxa de circulação de 2016, alegando a degradação das vias.

 

You must be logged in to post a comment Login