Connect
To Top

Ritmos de Malanje, Cuanza-Sul e Cuanza-Norte apresentados na Trienal

O espectáculo na Trienal de Luanda surge de uma parceria entre o promotor Dumay Missete, e a Fundação Sindika Dokolo.

A 9 de Fevereiro será realizado espectáculo de dança e música ancestral, no Palácio de Ferro, sede da Trienal de Luanda. O show faz parte do projecto cultural “Kuimba ni Kukina”, expressão quimbundo, que em português significa “cantar e dançar”, levado a cabo pelo promotor Dumay Missete.

O espectáculo na Trienal de Luanda surge de uma parceria entre o promotor Dumay Missete, e a Fundação Sindika Dokolo.

O concerto tem a duração de 3h30 e vai apresentar uma diversidade de estilos musicais das regiões do Cuanza-Sul, Cuanza-Norte e Malanje, pela actuação dos grupos Kumby ly Xya, da Kibala (Cuanza Sul), Dilangues do Ambaca, de Camabatela (Cuanza Norte) e Kieto Uva Sanguele ki Wenji, de Cacuso (Malanje).

You must be logged in to post a comment Login