Connect
To Top

Resultado líquido do BFA cresce 12,1 porcento

A margem financeira registou um crescimento de 59,6%, as comissões líquidas aumentaram 39,5%, enquanto o produto bancário aumentou 34,6%, segundo dados ainda não auditados do BFA.

O Banco BFA obteve um resultado líquido de 416,4 milhões USD no exercício de 2017, o que corresponde a um aumento de 12,1% face aos 371,2 milhões USD.

A margem financeira registou um crescimento de 59,6%, as comissões líquidas aumentaram 39,5%, enquanto o produto bancário aumentou 34,6%, segundo dados ainda não auditados do BFA.

Os custos operacionais registaram um aumento de 7,9%, o rácio de “cost-to-income” situou-se em 24,4%, os recursos totais de clientes aumentaram 3,5% e a carteira de crédito a clientes reduziu-se em 17,2%.

O rácio de transformação de depósitos em crédito situou-se em 20,2%, enquanto o crédito vencido representa 6,3% do total de crédito concedido a clientes, quando a cobertura de crédito vencido por provisões ascende a 144,3%.

O número de clientes aumentou 11% (+167 mil), totalizando um milhão, 742 mil e 703 no final de 2017.

O número de cartões multicaixa aumentou 20%, para um milhão, 342 mil e 194 cartões no final do ano, o que corresponde a uma quota de mercado de 23%, enquanto o ROE (rácio de rendibilidade dos capitais próprios) situou-se em 35,4%.

O rácio de solvabilidade regulamentar situou-se em 43,4%, significativamente acima do limite mínimo de 10% exigido pelo Banco Nacional de Angola (BNA).
.

You must be logged in to post a comment Login