Connect
To Top

Cidade do Cabo aproxima-se do “Dia Zero”: a cidade sul-africana prepara-se para fechar as suas torneiras

Até 2030, o mundo enfrentará um deficit hídrico global de 40% dentro do cenário climático actual.

A água, o mais precioso, porém ainda subprotegido, recurso mundial, em breve será uma escassez para os cidadãos da Cidade do Cabo, na África do Sul, conforme o “Dia Zero” se aproxima. A 5 de Fevereiro, os seus quatro milhões de habitantes devem reduzir seu consumo de água para apenas 50 litros por dia, 7 vezes menos do que o cidadão comum nos Estados Unidos da América. A profunda variação nos padrões de pluviosidade, secaram seis barragens cruciais que fornecem água à Cidade do Cabo. Sem chuva, até Abril, o “Dia Zero” poderá tornar-se uma realidade e todas as torneiras serão fechadas. Casas e empresas terão de se adaptar ao racionamento e a uma vida sem água potável de fácil acesso.

A missão principal do Conselho Mundial da Água consiste em promover a todos os níveis políticos disponibilidade de água potável para todos e aumentar a segurança hídrica em geral. O Conselho Mundial da Água é uma plataforma onde especialistas em água de mais de 50 países podem preparar iniciativas sobre questões relacionadas à água. Juntos, a autoridade global em água usa a voz dos seus peritos para mobilizar governos, instituições, associações e decisores ao mais alto nível acerca dos problemas críticos da água.

You must be logged in to post a comment Login