Connect
To Top

Sonae em negociações para comprar Walmart no Brasil

A Sonae pode estar de volta ao mercado brasileiro com a compra da Walmart. As negociações envolvem a participação de fundos de private equity que também podem entrar como sócios com a injecção de parte do capital.

A Sonae pode estar de volta ao mercado brasileiro com a compra da Walmart. As negociações envolvem a participação de fundos de private equity que também podem entrar como sócios com a injecção de parte do capital, avança o jornal brasileiro Valor Económico.

A multinacional americana na área do retalho está à procura de sócios no Brasil e tem disponibilidade para negociar parcelas da participação ou a sua totalidade. De acordo com a publicação, nas negociações com o grupo português Sonae, liderado actualmente por Paulo Azevedo, está em cima da mesa a aquisição de 100% da Walmart.

Em 2005, a Sonae vendeu as 140 lojas que detinha no Brasil à Walmart, cessando a sua presença no mercado brasileiro. Belmiro de Azevedo, presidente da Sonae na altura, terá criticado as dificuldades que enfrentava para concretizar negócios em terras brasileiras. “Somos corredores de longo prazo e temos sido pacientes. Mas a paciência esgota-se”, terá afirmado, colocando um ponto final sobre a participação portuguesa no Brasil.

As taxas de juro demasiado elevadas estiveram no centro do descontentamento de Belmiro bem como a dificuldade em tornar os negócios rentáveis. Apesar do cenário actual ser diferente, a publicação afirma que, se o acordo se concretizar, a Sonae terá entre mãos a gestão de um negócio com resultados instáveis.

A Sonae não é a única interessada na aquisição da cadeia americana de retalho. A gestora Advent International, L Catterton, a Acon Investmente e a 3G Capital também mostraram interesse na operação. Entretanto nem a Sonae nem a Walmart comentaram ainda o negócio ou reagiram às notícias sobre a possível compra pela empresa portuguesa.

You must be logged in to post a comment Login